sexta-feira, 15 de maio de 2009

200 anos, e continue contando...

Envelhecer não é tão ruim...

Envelhecer traz maturidade. Sabedoria pra definir a liberdade.

A representação de todas as coisas esta nos olhos frigidos e calados de um ancião.

Lá você encontra toda a verdade, vivida por anos a sorrir. Por anos a chorar.

As mãos mostram o quão maldosa é a vida, que fragmenta cada partícula de força de seu corpo, transformando tudo em rugas. Rugas.

Os cabelos brancos mostram rapidamente a intenção vitoriosa de ter chegado tão longe, tão perto.

Perto da felicidade;

Do amor perfeito;

Da mutua confiança;

Da alegria! Dos sonhos!

Quando você era jovem, esperava por alguém bonito pra te salvar da sua angustia e medo. Anseios e receios.

Você não era Jesus, mas pensava viver pra sempre! Sempre!

Então, vamos escalar essa montanha beybee?!

Suba e procure pelo fogo que queima toda noite, quando você sonha!

Procure por aquilo que um dia te agradou... Que te enganou com a ilusão de uma perfeição que não existe! De uma imortalidade que sangra!

Os cabelos brancos mostram rapidamente o fracasso de ter chegado tão longe, tão perto.

Perto do declínio da loucura;

Perto da montanha que arde em brasas;

Perto da brasa;

Da casa de cera; Do telhado de vidro;

De pessoas, pessoas que insistem no erro, procurando sempre por resultados diferentes...


Ora se não é o destino, um simples sinônimo a qual nos diz: NÃO É PERMITIDO SONHAR!


Ora se ele não é apenas a representação turva de algo que escolhemos. Que vivemos escolhendo.



E dirão os cabelos brancos:
Duzentos anos, e uma vontade louca de aprender, porque não se pode saber de tudo...






Texto por Jefferson Almeida

/ The killers

5 comentários:

  1. Realmente gostei muito do texto irmãozinho!!
    Apesar de voce dizer que não gostou
    Mais ouça so uma coisa que aprendi faz um tempo.
    Normalmente quando agente não gosta muito do que escreveu, e porque ele realmente ficou muito bom!
    Digo isso por experiencia prorpia!!!!!

    Mais ai,adorei o texto,ele e forte,mais não
    exagerado.

    Do que não gostei:
    - beybee
    - repetição da palavra rugas(sem nescesidade)

    Mais mesmo assim adorei

    PArabens caro amigo
    que continue assim sempre!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Bem eu achei bem profundo mesmo Jeff, como disse pra vc tem um ponto que achei meio estranho, mas gostei... só tem que tomar um pouco de cuidado com alguns pontos que ficam meio estranhos ( que no caso tive que ler 2 vezes a frase pra entender )...

    Mas como disse no geral ficou bacana!!!

    ResponderExcluir
  3. nossa, adorei o post.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Emboraa eu quasee nao comente aki. mas qdo leio falo sempree, que amoo os seus textos,vc tem o dom p coisa e mtos deles qdo eu leio, me fazeem lembrar de algo q ja vivi, de alguma experiênciaa... éh isso aii senhoor Je continuee assim, pq vc tem o dom p isso.!

    ResponderExcluir